Pular para o Conteúdo

Grupo Cash3

Em 2020, o Méliuz foi a primeira startup a abrir capital na Bolsa de Valores brasileira (B3), dando início ao Grupo CASH3. Depois deste importante passo, a companhia traçou metas focadas no crescimento da empresa e na diversificação de serviços e, de maneira estratégica, investiu em aquisições como meio para alcançar seus objetivos.

Até o fim de de 2021, a companhia anunciou a aquisição de seis empresas que passaram a integrar o grupo e complementar os serviços oferecidos pelo ecossistema CASH3.

Conheça abaixo um pouco mais sobre as empresas que compõem o grupo CASH3:

  • Picodi

    Picodi

    Fundada em 2010, a Picodi.com é uma plataforma internacional de comércio eletrônico que reúne cupons de descontos e códigos promocionais e está presente em cinco continentes, em mais de 40 países e disponível em 19 línguas diferentes.

    A empresa conecta, mensalmente, mais de 12 mil lojas online a 4 milhões de usuários, o que lhe garante uma sólida relação com o mercado online mundial. Sua plataforma recebe cerca de 68 milhões de visitas por ano, sendo que 71% é proveniente de tráfego orgânico e composto por usuários qualificados, o que contribui para um baixo custo de aquisição de clientes (CAC).

    Com uma grande experiência em internacionalização, a Picodi possui aproximadamente 100 funcionários alocados na Cracóvia, cidade escolhida por várias empresas de tecnologia e bancos de investimento.

    No 2° trimestre de 2021, registrou mais de 13 milhões de sessões no site, gerou mais de R$ 239 milhões de GMV para seus parceiros e atingiu uma receita líquida de mais de R$ 8 milhões.

    Com a aquisição de Picodi - a primeira após o IPO -, o Méliuz ampliou a sua abrangência de maneira global, diversificando não só a receita geográfica, mas também aumentando a gama de parceiros e as avenidas de crescimento, unindo o know-how de criar soluções para conectar marca e consumidores à presença internacional e à tecnologia escalável da Picodi, aproveitando a base qualificada que eles possuem para desenvolver um modelo de negócio bem sucedido e sustentável.

    Nesse sentido de aliar as vantagens do Méliuz com as da Picodi, começamos, no 3T21, a implementar a feature de cashback em 9 dos 44 países onde a subsidiária possui atuação. Essa estratégia tem como fim a maior retenção dos usuários que passam pelo site da empresa, de maneira a elevar o volume total de vendas que ela gera. Esperamos que, em um período de 1 ou 2 anos, essa feature de cashback já esteja tão madura quanto é hoje no Méliuz e que ela então passe a gerar incrementos notórios nos resultados.

  • Bankly

    Bankly

    (aquisição a ser concluída) - fintech especializada em soluções de pagamento que foi criada com o propósito de contribuir com a transformação do mercado financeiro e evoluir a relação que as pessoas têm com o seu próprio dinheiro. Para isso, possui diversas soluções, para empresas e clientes finais, que democratizam o acesso ao ecossistema financeiro.

    Possui um time de aproximadamente 250 pessoas e apresentou uma receita líquida, em 2021, de R$ 70,6 milhões.

    A associação com o Bankly e sua equipe de gestão marca um passo importante na expansão do ecossistema de serviços financeiros do Méliuz. Por ser uma instituição de pagamento autorizada a funcionar pelo Banco Central, possui as licenças, tecnologia e infraestrutura bancária que permitirão ao Méliuz ser protagonista no desenvolvimento e construção de soluções que atendam às expectativas dos seus usuários, como contas digitais, pagamentos, e outros temas relacionados a serviços e produtos transacionais.

    Assim, o Méliuz passa a ter capacidade de aumentar ainda mais o engajamento da base de usuários, facilitando o lançamento de novos produtos financeiros, além de aumentar o cross sell com os produtos e serviços já existentes, por exemplo: Cartão Méliuz, Marketplace e Méliuz Nota Fiscal.

  • Promobit

    Promobit

    Fundado em 2013, o Promobit promove um ambiente online para que usuários troquem informações e opiniões sobre produtos e promoções de lojas do comércio eletrônico.

    Por meio de site, aplicativo e extensão para navegador, a plataforma é uma importante fonte de tráfego qualificado e, em 2020, registrou mais de 10 milhões de acessos mensais ao site e ultrapassou a marca de 1 milhão de membros cadastrados. O Social-commerce, modalidade que o Promobit se encaixa, é uma tendência mundial.

    Em 2020, o Promobit obteve uma receita líquida de R$ 5,2 milhões e originou um GMV total de R$ 160 milhões, com um CAGR (Compound Annual Growth Rate ou taxa de crescimento anual composta) superior a 40%, entre 2018 e 2020. A plataforma possui um tráfego majoritariamente direto e entre novembro de 2020 e abril de 2021 teve um total de 63 milhões de visitas, uma média de 10,4 milhões de visitas por mês.

    A aquisição ampliou a capacidade do Méliuz de se posicionar e se fazer presente em mais etapas do funil de tomada de decisão do consumidor, além de ser uma importante fonte de tráfego qualificado e a baixo custo, minimizando os gastos da companhia com a aquisição de novos usuários (CAC).

  • Melhor Plano

    Melhor Plano

    O Melhor Plano iniciou suas atividades em 2015 e atua como um marketplace, oferecendo aos consumidores finais ferramentas de comparação de preços e serviços ofertados por empresas de serviços financeiros e de telecomunicações, logo auxiliando-os a escolher o provedor que mais se adequa às suas necessidades.

    A empresa também conta com o teste de velocidade Minha Conexão, disponível em site e aplicativo, em que o usuário pode conferir a qualidade da sua conexão e receber recomendações de ofertas semelhantes. Recentemente, começaram a oferecer serviços de comparação de cartão de crédito e conta corrente, dando início à sua atuação no mercado de serviços financeiros.

    Em 2020, registraram mais de 17 milhões de acessos. No último ano, o Melhor Plano obteve receita líquida de R$4,4 milhões, com um CAGR superior a 150% entre 2018 e 2020.

    Assim como na aquisição do Promobit, o tráfego de qualidade do Melhor Plano representa uma importante fonte de aquisição de novos usuários a baixo custo para o Méliuz. Atualmente, possui 48 funcionários, sendo 35% com foco em SEO - Search Engine Optimization, ou Otimização para Mecanismos de Busca, um importante canal de aquisição orgânica.

  • Alter

    Alter

    A Alter é uma empresa especializada na negociação de criptoativos que, desde 2018, vem atuando na melhora da experiência dos usuários no uso de criptomoedas em transações financeiras do dia a dia. Entre outros serviços, a Alter consolida em um único aplicativo uma carteira de criptomoedas com integração a uma conta digital e um cartão pré-pago.

    Possuem, atualmente, um time de 24 pessoas, sendo majoritariamente desenvolvedores, e, no primeiro semestre de 2021, movimentou R$ 184 milhões em negociações de Bitcoin, um volume 14 vezes maior do que o mesmo período de 2020, tendo uma base atual de 26 mil usuários.

    A aquisição da Alter e incorporação ao grupo CASH3 tem como um de seus principais objetivos trazer para o Méliuz um time talentoso de empreendedores e de desenvolvedores, além do conhecimento em um segmento de negócios de alto crescimento, que poderá contribuir como uma boa ferramenta de engajamento e atração de novos usuários para a companhia.

    Com a união das empresas, o Méliuz terá condições de educar, de forma cada vez mais forte, a sua base de usuários sobre como funciona as criptomoedas, como o público geral pode tirar vantagens do seu uso no dia a dia e, assim, desmistificar de vez assuntos relacionados à cripto.

  • iDinheiro

    iDinheiro

    Inspirado em players consolidados no mercado internacional, o iDinheiro é um marketplace de serviços financeiros que tem a missão de auxiliar milhões de brasileiros no processo de bancarização e impulsionar os ganhos que o open banking traz para clientes e instituições financeiras. Oferece comparativos e simuladores como ferramentas para auxiliar os brasileiros e aumentar o ponto de contato das instituições com o público final, além de conteúdo educativo de qualidade.

    Já registra mais de 2 milhões de acessos mensais, desde o seu lançamento, em julho de 2020. Parceiro de mais de 60 instituições financeiras, incluindo Banco BTG, Bradesco, Santander, Creditas e Banco PAN; o iDinheiro oferece ferramentas que auxiliam as pessoas na hora de contratar serviços como cartões de crédito, empréstimos, abertura de contas, investimentos, dentre outros e pretende ocupar um espaço que está se abrindo no mercado nacional aquecido pelas mudanças no sistema financeiro.

  • Muambator

    Muambator

    Empresa que consolida rastreamento online de pacotes e encomendas nacionais e internacionais. Seu website e seu aplicativo permitem ao usuário cadastrar códigos de rastreio de compras feitas nas maiores lojas online do Brasil e do mundo, dentre elas Shopee, Ali Express, Wish, Mercado Livre, etc. Os usuários passam a ter um controle maior sobre suas compras e a receber notificações a cada movimentação do pacote ou encomenda.